Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

La Bohemie

Se queres, faz tu.

Das situações que prefiro fazer a pedir que façam. Ou como a minha irmã não sabe fazer uma sopa de pacote. 

 

N - Como é que isto se faz?

M - Misturas o conteúdo num litro de água fria.

N - Água fria? Não costuma ser com água quente?

M - Sim, mas neste caso é com água fria.

N - É só misturar em água fria? E não levo ao fogão?

M - Oh Táta, claro que levas, por favor. Vais fazer sopa fria? Misturas isso num litro de água fria e só depois levas ao lume até ferver.

N - Ah, pensei que me estavas a dizer que se fazia como se faz com a papa Cérélac.

M - Oh minha nossa senhora. Mas até a papa Cérélac nós fazemos com água quente. Utilizas a vara para misturar bem e depois vai ao lume.

N - A vara é aquela cena para bater os ovos, né?

M - Sim, mas não uses a pequena para os ovos, usa a grande.

N - Só mais uma coisa, como é que eu sei se isto é um litro de água, ou não?

M - Mostra-me o tacho... Oh minha parva, mas desde quando é que isso é um litro de água? Isso corresponde a um prato de sopa! Vais fazer sopa para uma pessoa? Um litro é o tacho todo, não é o fundo do tacho.

N - Eu sei lá o que é um litro. Isto para mim é um litro.

M - Então usa um medidor.

N - Onde é que isso está?

M - Táta, a sério, enche esse tacho.

N - E coloco em lume baixo, médio ou alto?

M - Mana, lê as instruções e finge que eu não estou aqui. Que desmaiei ou morri.

N - Então depois não digas que não gostas.

 

Beijinhos, La Bohemie.