Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

La Bohemie

No reservations.

10687146_980534778629214_428524477242576545_n

 

 

Ontem à noite constatei três factos: Os ricos fazem sempre reservas; Eu não sou rica; Eu não faço reservas.

Salvo as raras excepções de jantares de grupo, eu nunca tive por hábito fazer reservas em restaurantes. Primeiro porque não consigo decidir o que quero jantar às quatro da tarde; segundo, mesmo que decida o que quero jantar às quatro da tarde, muito provavelmente irei mudar de ideias às nove da noite. Portanto, sim, sou uma pobre coitada que se enfia num carro e logo se vê. E às vezes, pouco ou nada consigo ver. Ontem foi o caso.

 

Restaurante Suntory

 

- Boa noite, é possível jantar?

- Boa noite. Têm mesa reservada?

- Não.

- Então só se jantarem ao balcão, porque tenho as mesas reservadas.

- De todo o restaurante?

- Sim.

- Pronto, é bom sinal. Obrigado.

- Nunca vi o Suntory lotado.

- Nem eu. Precisamos de uma alternativa...

- Não olhes para mim. Sabes que a nível de sushi, tu és a minha Time Out.

 

SushiCafé Avenida

 

- Boa noite, é possível jantar?

- Boa noite. Têm mesa reservada?

- Não.

- Pois... sem mesa reservada não consigo porque estão a chegar os clientes das 21h00 e as mesas só começam a ficar livres a partir das 22h00.

- Estava agora mesmo a dizer-lhe que sem reservas não iríamos conseguir.

- Então e que restaurante é que nos aconselha como alternativa?

- Com bom sushi, o Yakusa, depois do parque do hotel Tivoli.

- Muito obrigado. Boa noite.

- Estava mesmo a ver...

- Como é que tu sabes estas coisas?

- Porque este restaurante é o da moda e os betos vêm todos para aqui.

 

Yakusa by Olivier

 

- Bem, agora somos os pobres que chegam a pé.

- Também o parque está quase vazio...

- Esquece, são só carros de merda.

- Boa noite. Têm alguma mesa disponível para jantar? 

- Boa noite. Sejam muito bem-vindos. Têm mesa reservada?

- Não.

- Pela primeira vez na vida, é a terceira vez que nos fazem esta pergunta na mesma noite.

- Para dois sou capaz de ter mesa, queiram acompanhar-me, por favor.

 

Finalmente, à terceira vez foi de vez. Finalmente, consegui sentar-me, jantar e rir-me de tantos disparates. É, a vida de ricos é uma complicação e eu já lhe disse que para a próxima vamos às bifanas. Essas não precisam de reservas. 

 

Beijinhos, La Bohemie.

1 comentário

comentar post