Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

La Bohemie

Bed Legs editam Black Bottle.

bedlegs1_0.jpg

Entras num bar com um néon convidativo à porta. À tua volta há música, barulho, objectos bizarros, estranhos manequins, cadeiras suspensas, plumas e estranhos personagens. Uns conversam, outros dançam e outros ficam sozinhos olhando fixamente para o que acontece no palco. Onde raio é que estas? Não fazes ideia, mas queres ficar e pedir uma bebida.

Situada algures entre a reivindicação de um Blues musculado e o descomprometimento do Rock ´n´Roll, a música de Bed Legs é marcada por uma constante tertúlia entre uma voz de charme e um power trio de intervenção.

Entre os vários temas destaca-se como objeto principal uma silhueta feminina, que aparece dançando e desaparece num sobressalto por entre as cortinas vermelhas de veludo do bar onde Ferna, Tiago, David e Helder são habitués.

Depois do lançamento do primeiro EP «Not Bad» em 2014, Black Bottle é o nome do álbum de estreia deste projeto de Braga. O que dá a beber? Um rock que enrola e envolve, concentrado em 9 estórias que contam a história de uma noite estranha naquela bar onde entras enganado, mas do qual não queres sair.

Pelo raiar do dia, a garrafa cai ao chão, ou quebra-se para fazer frente a alguém numa rixa que não tem pernas para andar e, seja qual for o sentimento, a cama poderia ser o conforto certo para quem, ao acordar, teria um novo tema para uma nova canção. Mas não te enganes, Bed Legs são, sobretudo, as pernas da cama que sustentam a ressaca de acordar com uma cara desconhecida.

 

O disco será editado no próximo dia 29 de Janeiro e o primeiro single deste disco chama-se «Vicious».

 

Fonte: Press Release

 

 

Beijinhos, La Bohemie.