Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

La Bohemie

Fui turista na minha cidade.

Sempre me disseram que a melhor forma de conhecer Lisboa é ver a cidade com olhos de turista. Tantas e quantas vezes passamos e não olhamos. Tantas e quantas vezes olhamos e não vemos. Tantas e quantas vezes não reparamos e só nos damos conta do que existe quando mudam, quando fecham, quando demolem. Ontem fui turista na minha cidade e foi como folhear um livro de imagens e memórias. Lugares que já conhecia, lugares que passei a conhecer. Ruas que me lembraram momentos especiais, cantos que me levaram a reviver momentos que desejei nunca mais lembrar. Saí de casa e fui até à Feira da Ladra a pé como faço todos os sábados de manhã. Subi e desci escadas vezes sem conta, curvei à direita e à esquerda caminhos sem destino, meti-me em becos sem saída, enfiei-me em ruas mais estreitas do que o meu próprio ser, sentei-me em bancos de ruas, de jardins e de praças. Fotografei, desenhei e escrevi. Comprei livros, revistas e jornais. Foram ínfimas horas de emoções, foram longos quilómetros de reflexão. Ontem perdi-me por Lisboa, ontem perdi-me na cidade que me viu nascer. Ontem fui turista na minha cidade. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Beijinhos, La Bohemie.