Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

La Bohemie

Sweet 21.

A minha irmã fez 21 anos. Apesar de só termos pouco mais de três anos de diferença, muitas vezes acho que parou nos 18. Mas ainda bem que não parou. Estamos ambas naquela idade em que quase não se nota a diferença, gostamos mais ou menos das mesmas coisas, falamos mais ou menos das mesmas coisas, fazemos mais ou menos as mesmas coisas. Nos últimos anos criámos uma cumplicidade que espero nunca perdermos. Rimo-nos das coisas más, choramos de tanto rir das coisas boas e caricatas. Olhando para trás, reparo que enquanto a nossa família se desmoronou, nós unimo-nos. Tanto. A nossa ligação é tão forte que acredito ser a isto que chamam de «almas gémeas». Não sei o que acontecerá daqui para a frente, onde estaremos e o que queremos fazer, mas eu desejo-lhe o mundo. Que nunca desista de ser mais e melhor, que nunca desista dos seus sonhos e que nunca deixe para trás todos aqueles que a amam. Parabéns, Táta.

 

 

 

 

 

 

 

Beijinhos, La Bohemie.