Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

La Bohemie

O equilíbrio das palavras.

Gosto de ti. Porque sim. E quero-te bem. Se isso implicar tirar-te dor, tirarei...

- Obrigada.

És genuinamente boa pessoa e gosto disso. És verdadeira e frontal. Adoro.

Sou mesmo e orgulho-me muito de o ser, apesar das inúmeras cabeçadas na parede.

Eu orgulho-me de ti e sinto-me honrado por ter tido a sorte de te conhecer. Sinto que te posso contar tudo.

Vou confiar nas tuas palavras. E agradeço-as.

As minhas palavras são tuas. Eu escrevo-as, mas se não forem lidas não tem sentido.

Por vezes confiamos tanto nas palavras que nos esquecemos dos actos.

Verdade. Há que manter um equilíbrio.

 

Beijinhos, La Bohemie.

1 comentário

comentar post