Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

La Bohemie

Pensar com o coração.

Disseram-me para pensar com o coração. Confesso que admiro quem consiga fazer esse exercício sistemático de «a cabeça pensa uma coisa, o coração sente outra» porque eu não consigo. Talvez ainda não tenha encontrado o famoso botão que liga uma coisa e desliga a outra, a mágica porta que me transporta do racional para o emocional quando quero, quando preciso. Mas ontem, quando me disseram para pensar com o coração, doía-me tanto a cabeça, o corpo e a alma que achei por bem colocar literalmente um coração na cabeça. Com água quente para aconchegar os sentimentos, e as dores.

 

 

Beijinhos, La Bohemie.

1 comentário

comentar post