Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

La Bohemie

Versos.

Que fiquem aqui bem guardadinhos que eu sou pessoa de apagar sms para todo o sempre. E o que é bonito receber, é bonito partilhar.

 

«A tua pele transpira o meu ópio. Não te afastes.» (Vasco Gato)

 

«Esse teu ar de rainha do Tejo.

Hei-de beijar-te, Lisboa.»

 

«É nos teus lábios que existo.»

 

«Os teus olhos castanhos de encantos tamanhos são pecados meus.»

 

«Por fim só, deitado e contemplativo penso em ti tal como no meu soneto preferido de Pablo Neruda sem saber nem como nem porquê, sem complexos tenho o impulso de te sentir por perto, embora seja como as pétalas que se fecham sem como ou porquê, mas porque está na sua natureza.»

 

«Saudades do meu ópio.»

 

Beijinhos, La Bohemie.