Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

La Bohemie

Ele há coisas...

Recepção:

 

- Bom dia, preciso de marcar uma consulta com o meu médico de família mas não me recordo do nome.

- Bom dia menina. Mas tem médico de família neste centro de saúde?

- Eu creio que sim. Eu inscrevi-me há uns anos e até me deram um papel com o nome do médico, mas não encontro. Nem sei quem é porque nunca tive uma consulta com ele.

- Olha, faça assim, retire uma senha, suba até ao sexto piso e peça à senhora que está ao balcão para confirmar a sua inscrição. Só tem de dar os seus dados que ela confirma no computador.

- Muito obrigada.

 

Sexto piso:

 

- Bom dia. Eu preciso de marcar com uma consulta com o meu médico de família, mas não me recordo do nome.

- Bom dia. Tem a sua identificação?

- Aqui está.

- Que estranho... Este caso é muito estranho. O seu número entrou no servidor, mas não está registada.

- Não estou registada? Eu vim cá em 2009 e até me deram um papel com o nome do médico, mas não o encontro.

- Já veio a alguma consulta?

- Não.

- A senhora está de facto inscrita e tem aqui o registo, mas está como temporária e não permanente. Faz parte de outro centro de saúde?

- Não, não. Eu mudei todos os meus dados para este centro de saúde.

- Qual é a sua morada?

- A minha actual ou a do cartão?

- A do cartão.

- Rua xxxx xxx xxx.

- Está correcto. E vive nesta morada?

- Não, esta morada é a fixa porque é a casa da minha mãe em Arroios, eu vivo aqui no cimo da Alameda.

- E a mãe está inscrita neste centro de saúde?

- Não, a mãe está registada no Algarve, onde vive. Eu sei, é tudo muito estranho.

- Bem, vou ter de fazer um novo registo. Tem preferência de manhã ou à tarde?

- À tarde, por favor.

- Assim a partir das quatro horas, está bom?

- Hmmm, sim, pode ser.

- Pronto, vai ficar com o médico X e agora retira a senha do quarto piso para marcar uma consulta com ele.

- Muito obrigada e continuação de um bom dia.

 

Piso 4:

 

- Bom dia, diga por favor.

- Bom dia, eu preciso de marcar uma consulta com…

- Qual é o médico?

- É o doutor X.

- Para o doutor X, só tenho dia 8 de Fevereiro.

- Não pode ser, isso é muito tarde.

- Não tenho vaga antes disso.

- Então se não sou atendida aqui, vou às urgências é isso?

- É muito grave?

- Eu tenho noção que não é um caso de morte, mas também não posso esperar até dia 8 porque é urgente, apesar de não ser uma emergência. Para marcar consultas a longo prazo, faço-o através do serviço privado.

- Qual é a doença?

- Desculpe, mas se eu soubesse não vinha ao médico. E também não me apetece estar a dizer os sintomas à frente destas pessoas todas. Só sei que já estou assim há algum tempo e não posso esperar até dia 8. Por isso, vou às urgências.

- Ahhhh, afinal encontrei aqui uma vaga com uma outra médica. Às 14:30h. Piso 4.

- Ah, muito obrigada.

 

Juro que não sei como raio funciona o atendimento no Centro de Saúde. Complicarem-me a vida e fazerem de mim parva é que não.

 

Janeiro, 2013.



Beijinhos,  La Bohemie.

1 comentário

comentar post