Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

La Bohemie

Rir sozinha.

Pessoas que ainda não têm Twitter, não tenham ideias malucas em criar uma conta porque isto é uma chatice. Gente chata, gente má, gente sem piada alguma, não se passa grande coisa, uma pessoa ri-se sozinha, escreve sozinha, volta a rir-se sozinha, as pessoas são umas falsas, não gostam de nós, só dizem mal, só nos criticam e uma pessoa continua a rir-se sozinha. É doentio, é muito grave e um bocadinho psicadélico. A sério, ontem a minha irmã ligou para a minha Mãe para dizer que eu era uma monga porque tinha passado o dia inteiro a rir, sozinha. Aqueles que não entendem o significado de ironia e sarcasmo, nem vale a pena continuarem a ler.

 

M - Não posso vir ao Twitter no trabalho. Acabaram de me dizer para me rir mais baixo.

N - Eu já te tinha despedido.

M- Está caladinho que eu trabalho mais do que tu.

N - Só más-línguas.

M - Deixa-me!

 

M - Será que lêem o meu Twitter?

R - Sempre. Do deitar ao acordar.

D - Pão nosso de cada dia.

MR - Até durante o sono.

M - Tão queridos, mas estava mesmo a falar da malta do trabalho.

R - Ah. Esses devem seguir-te do acordar ao deitar.

 

J - Às vezes tenho paixões tresloucadas. Mas depois passa-me. Na vida seguinte.

M - Eu sou uma tresloucada e não tenho paixão. E também não me passa na vida seguinte.

P - Depois estranhas que não te convidem para festas de aniversário...

J - Eu não sou tresloucado e também não me convidam. Só porque acham que eu vou começar a apalpar desconhecidas.

M - Vocês não gostam de mim?

J - Eu adoro-te. Mas isso já tu sabes. E ao P. também mas não vou dizer para não soar gay. Aliás, vou. Adoro soar gay.

M - Tu suas é como um gay.

J - Porco nojento está ligeiramente mal escrito.

 

Eu avisei. Agora vou ali chorar um bocadinho virada para a parede. 

 

 

Beijinhos, La Bohemie.