Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

La Bohemie

Um dia vou olhar para trás.

Não sei se as recordações que tenho tuas são verdadeiras ou se as criei na minha cabeça através de fotografias antigas na esperança de criar um momento feliz, mas quando olho para dentro do coração vejo lá imensos espaços escuros e vazios.

Um dia vou olhar para trás. Um dia paro e volto atrás, só para olhar para ti uma última vez e dizer-te o quanto não gosto de ti. Mas hoje não posso, hoje não consigo, hoje não quero. Desculpa, mas a vida que me ofereceste ensinou-me a não olhar para trás. O que resta de ti não passa de um campo de concentração duro, pesado e silencioso que me custa suportar e por isso olhar para trás transforma-se numa recordação implacável que não me leva até ti.

Quando te recordo, lembro-me daquele abraço eterno que nunca me deste, recordo-me daquele amo-te que nunca me disseste. Por isso um dia vou voltar atrás para me devolveres tudo o que nunca me ofereceste.

 

Beijinhos, La Bohemie.

0 comentários

comentar post