Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

La Bohemie

Ensaio #2 É triste.

Os inconfundíveis sentimentos da paixão e do ódio

Sorvendo a essência da vida

Num espírito descontrolado

Arrasando os alicerces do mundo à sua passagem.

 

Regem o destino da vida que não vivemos,

O eclipse do dia que não vemos,

O nascer da noite que não abraçamos,

E o espírito efémero que renegamos.

 

Todos nós caímos do pódio

Quando indolentes esquecemos a dívida

Que temos para com o relógio ordenado

Que nos alimenta a vida como um mandado.

 

É triste quando o amor esquecemos,

É triste não ter o amor que queremos,

É triste porque choramos,

Mas é ainda mais triste porque dele nos afastamos.

 

Beijinhos, La Bohemie.